Sindicato pede e câmara rejeita projeto de reajuste de salários dos servidores municipais.

A Câmara Municipal de Olímpia rejeitou na noite de ontem pela maioria dos votos o projeto de lei 5467/2019 de autoria do prefeito Municipal que tratava do reajuste de salário dos servidores públicos municipais.

O projeto encaminhado pelo prefeito trazia reajuste de 4% mais aumento de R$ 20,00 no auxílio alimentação, essa proposta não agradou o sindicato e os servidores que participaram da assembleia. Desde então houve varias tentativas de acordo, todas sem sucesso.

Na noite de ontem(8) antes da 72ª Sessão, representantes do sindicato e alguns funcionários públicos se reuniram para decidir o posicionamento final antes do projeto ser votado.

Mesmo alertado pelos vereadores de que se o projeto fosse rejeitado, o reajuste poderia não acontecer ou ser inferior ao proposto pelo executivo, os servidores presentes optaram por continuar a não aceitar a proposta de 4%, sugerindo que os vereadores votassem contra o projeto.

Os vereadores Dr. Hélio Lisse Júnior, Flávio Olmos, Dr. Gustavo Pimenta, Salata e Luis do Ovo acataram a decisão do sindicato e servidores e foram contra o projeto, que acabou sendo rejeitado por maioria.

Durante a discussão do projeto, todos os vereadores defenderam o direito dos servidores de reivindicarem melhorias, ressaltando ainda, a necessidade de ampliação do diálogo entre os envolvidos na busca de um acordo que fosse bom para todas as partes.

Até o momento a prefeitura não se manifestou se vai encaminhar novo projeto com outro percentual ou se vai se abster de conceder o reajuste aos servidores, já que agora, de acordo com informações extraoficiais, o poder executivo estaria desobrigado a conceder o reajuste.