Agências da Caixa ficarão fechadas e só atenderão serviços essenciais

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

A Caixa Econômica Federal anunciou neste domingo (22) que, a partir desta segunda-feira, em decorrência da escalada da pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19) no país, fechará suas portas para o atendimento ao público e vai focar sua atuação no pleno funcionamento da sala de autoatendimento, com abastecimento de numerário e processamento de depósitos.

O atendimento presencial no interior das agências será somente para saque de INSS/seguro desemprego/seguro defeso/abono salarial/FGTS para quem não possui cartão e senha, ou tenham que efetuar o desbloqueio de cartão e senha da conta.

O banco vai liberar 70% do quadro das agências e os 30% restantes vão trabalhar em regime de escala semanal. Somente os serviços essenciais à sobrevivência dos clientes e usuários serão mantidos.

As agências iniciarão o expediente com uma hora de antecedência para atender os clientes do grupo de risco que precisem realizar os serviços necessários à sobrevivência da população, considerados essenciais conforme previsão do decreto 10.282/2020. Veja aqui.

“A medida adotada pela Caixa é importante para resguardar e proteger os bancários e os clientes neste momento difícil que estamos enfrentando com o coronavírus. Todas as medidas para impedir aglomerações devem ser adotadas. O sindicato está solicitando que os outros bancos também adotem o contingenciamento, mantendo apenas os atendimentos de extrema necessidade, nos casos onde é fundamental para garantia da integridade da pessoa”, disse Hilário Ruiz, diretor da FEEB e vice-presidente regional do sindicato dos Bancários de Rio Preto.”

Fonte: Sindicato dos Bancários de Rio Preto e Região

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Bacários, Bancos, bancos limitam atendimentos, caixa, caixa limita atendimento, coronavírus, Hilário Ruiz, Olímpia

Publicidade

Acompanhe as últimas informações oficiais de Olímpia sobre o coronavírus