WhatsApp Image 2019-08-13 at 19.20.47

Após manutenção da parte superior, ponte do cachoeirinha volta apresentar problemas.

Após passar por manutenção nas tábuas da parte superior, a ponte do rio cachoeirinha voltou apresentar problemas esta semana, dessa vez, em um pilar de sustentação. Fotos da ponte com um o pilar “caindo” foi compartilhado e viralizou nas redes sociais, gerando muitas críticas.

Em nota, a prefeitura de Olímpia informou que o problema nesse pilar ocorre desde janeiro de 2016, ainda no Governo de Geninho, e que vem acompanhando a situação. A prefeitura afirma ainda, que o deslocamento do pilar não oferece risco estrutural

 

PREFEITURA ESCLARECE ESTRUTURA DA PONTE DA PRAINHA E RESSALTA QUE EXISTEM ESTUDOS PARA UMA NOVA TRAVESSIA DE CONCRETO

A secretaria municipal de Obras, Engenharia e Infraestrutura esclarece que desde janeiro de 2016 o pilar da ponte da Prainha já havia se deslocado devido às fortes chuvas, mas foi liberada para o trânsito após laudos técnicos e análises de segurança.

Segundo o secretário responsável, Leandro Pierin Gallina, a ponte, que foi construída em estrutura mista (madeira, concreto e aço) no início dos anos 60, vem sendo acompanhada pela secretaria e o deslocamento do pilar não oferece risco estrutural.

Em visita recente ao local, o prefeito Fernando Cunha já autorizou a contratação de um projeto para a construção de uma nova ponte de concreto, com duas faixas de rolamento, para substituir a ponte atual. Recentemente, a secretaria de Obras realizou uma manutenção na ponte com a substituição do madeiramento que apresentava desgaste, provocado pela passagem de veículos pesados. Foram substituídas as pranchas e o madeiramento, além de terem sido feitas manutenções do guarda-corpo e nova pintura para maior conservação da madeira.

Nas duas extremidades da ponte, também foram colocados dois limitadores de altura de 3 metros, evitando assim que caminhões de grande porte passem pelo local e provoquem novos transtornos. A secretaria de Obras ressalta ainda que vem monitorando constantemente a situação e que caso seja identificado algum risco aos moradores e usuários, a ponte será novamente interditada.

Compartilhe

Publicidade