Caixa alerta sobre golpes em saques do FGTS liberados esta semana pelo governo.

Com o anúncio e a liberação do saque imediato do FGTS pelo Governo Federal, o número de casos de golpes tem aumentado de forma significativa nos últimos dias. Para orientar e impedir que o beneficiário caiam na conversa fiada dos golpistas, a Caixa Econômica Federal alerta a população e dá dicas de como evitar os golpes.

Uma das principais formas utilizadas pelos criminosos têm sido através de SMS e Whatsapp, onde através de perfil falso simulando ser da Caixa Federal, o golpista solicita a senha e o número do cartão cidadão do beneficiário.

A Caixa afirma que “A Caixa reforça: não envia mensagens sobre saques das contas vinculadas FGTS; não solicita senhas, dados ou informações pessoais do trabalhador; não pede confirmação de dispositivo ou o acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp.”

Outras formas de evitar os golpes é:

  •  Não forneça senha ou número do Cartão Cidadão. Alguns golpistas procuram entrar em contato com os clientes se passando por empregados das centrais de cartões ou do banco, para obter informações e, assim, aplicar golpes.
  •  Não clique em link em nome da Caixa. O banco não envia links por e-mail, SMS ou WhatsApp. Se você receber mensagens desse tipo, desconfie.
  •  Não faça pré-cadastro para saque do FGTS. Golpistas têm se passado pela Caixa no WhatsApp. Não responda. Em caso de dúvida, procure os canais oficiais do banco.”

O banco orienta ainda, que para qualquer informação o beneficiário deve procurar uma agência da Caixa no município, ou utilizar um de seus canais oficiais através do telefone ou internet.

A expectativa do Governo de Jair Bolsonaro é injetar cerca de R$ 40 bilhões na economia até março de 2020, autorizando o saque imediato de R$ 500,00 por trabalhador em cada conta vinculada.

Canais oficiais do banco:
www.caixa.gov.br
www.fgts.caixa.gov.br
0800 724 2019 (ligação gratuita)
App FGTS (disponível nas lojas da Google e Apple)

Fonte: Caixa/Edição da Matéria: Eduardo Costa/Foto: Agência da Caixa Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Publicidade

Verifique sua conexão com a internet