Caixa Federal libera crédito de R$ 7,5 bi para microempreendedores individuais e pequenas empresas

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

A CAIXA e o Sebrae assinam nesta segunda-feira (20) um convênio com objetivo de facilitar o acesso ao crédito das micro e pequenas empresas, bem como microempreendedores individuais (MEI). A parceria faz parte do conjunto de medidas que vêm sendo implementadas pela CAIXA e o governo federal para reduzir o impacto provocado pela crise do coronavírus sobre os pequenos negócios no Brasil.

Segundo o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, a parceria com o Sebrae tem o objetivo de apoiar o setor que vem sofrendo com a pandemia. “A CAIXA, enquanto banco público, tem a missão de dedicar atenção especial a este cliente que gera tantos empregos no país. Através da parceria, o banco disponibilizará melhores condições de taxas, prazo e carência, de forma a atender a demanda por crédito desse setor tão importante para a economia”.

Microempreendedores individuais

  • valor máximo de crédito de até R$ 12,5 mil por CNPJ;
  • nove meses de carência;
  • 24 meses para pagamento após esse prazo de carência;
  • taxa de juros de 1,59% ao mês.

Microempresas

  • valor máximo de R$ 75 mil de crédito por CNPJ;
  • 12 meses de carência;
  • 30 meses para pagamento após esse prazo de carência;
  • Taxa de juros de 1,39% ao mês.

Pequenas empresas

  • valor máximo de R$ 125 mil de crédito por CNPJ;
  • 12 meses de carência;
  • 36 meses para pagamento após esse prazo de carência;
  • taxa de juros de 1,19% ao mês.

O Banco informou ainda que essa linha de crédito é destinada a empresas com faturamento de até R$ 4,8 milhões por ano. A solicitação do crédito pode ser realizada  nas agências a partir desta quarta-feira(22). O cadastro já pode ser realizado no site da instituição financeira.

Os micro e pequenos empresários, assim como os empreendedores individuais, que estiverem negativados, não terão acesso a essa linha de crédito, informou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

“Mas a Caixa tem outras linhas de renegociação para empresas e empresários negativados”, afirmou Guimarães.

Fonte: Caixa Federal

 

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Caixa Federal, crédito pequenas empresas, financiamento, financiamento empresas

Publicidade

Acompanhe as últimas informações oficiais de Olímpia sobre o coronavírus