CarnaOlímpia 2020 registrou sucesso de público com shows, matinês e desfiles

Consagrando-se como um dos maiores carnavais de toda a região, o CarnaOlímpia 2020 carimbou mais um ano de sucesso. Em cinco noites de folia, a festa registrou um público de cerca de 60 mil pessoas de todas as idades.

O evento, que foi promovido pela Crystal Beer com o apoio da Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, por meio das secretarias de Turismo e Cultura, Esportes e Lazer, proporcionou aos foliões uma programação diversificada com grandes shows, desfile das escolas de samba, matinês e atividades nos distritos.

A festa, com entrada franca, foi realizada no prolongamento da Avenida Aurora Forti Neves e trouxe uma mistura de ritmos, com renomados cantores do pagode, axé, samba, funk e sertanejo. Na sexta (21), a primeira noite contou com a animação do cantor sertanejo Joab e, na sequência, quem subiu ao palco foi o Grupo Molejo, que embalou o público com grandes sucessos dos mais de 30 anos de carreira.

No sábado (22), foi a vez da dupla Pedro Paulo & Alex e do funkeiro MC THG atraírem milhares de foliões. A festa continuou no domingo (23), com show de Guilherme & Benuto e, em seguida, o som ficou por conta do Pagode 90, que relembrou a época de ouro do pagode brasileiro, com os cantores Netinho de Paula e Salgadinho.

Na segunda-feira (24), a penúltima noite de folia começou com o sertanejo da cantora Karol Ramalho e terminou com o eletrônico do Octopus Live. A grande atração da noite foi a dupla João Bosco & Vinicius, que agitou o público com canções de diversos ritmos.

A terça-feira (25), última noite do CarnaOlímpia, também registrou presença maciça do público, que lotou a avenida para dançar ao som do Bonde do Tigrão, um dos mais tradicionais representantes do funk carioca, com cerca de 20 anos de história. A festa se encerrou com a dupla olimpiense José & Diogo, que não deixou ninguém parado. Destaque também para o grupo regional Swingueira, que animou todos as noites do Carnaval.

Além da programação de shows, o evento contou ainda com o desfile das escolas de samba Sambarena, Samba Sem, Acadêmicos do Samba e Unidos da Cohab, que brilharam na passarela, com muito colorido, bateria afinada e samba no pé. A criançada também se divertiu com as matinês no domingo e terça, na Avenida dos Olimpienses e nos distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu.

A festa, além de proporcionar diversão também movimentou a economia local, com o comércio ambulante, empregos diretos e indiretos gerados pela organização do evento e ainda devido à alta ocupação hoteleira que estima ter registrado cerca de 70 mil turistas hospedados, influenciando em diversos setores da economia.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Publicidade

Acompanhe as últimas informações oficiais de Olímpia sobre o coronavírus