Falta de regulamentação para aplicativos de transporte causa insatisfação de taxistas com a Prodem.

A criação dos aplicativos de transporte de passageiros já causou muitos debates em diversas cidades brasileiras, e agora vem gerando muita insatisfação por parte de um grupo de taxistas olimpienses.

Segundo os taxistas, a falta de regulamentação da utilização de aplicativos como UBER e outros no transporte de passageiros, vem trazendo grandes prejuízos e aborrecimentos a categoria, já que os aplicativos não estão obrigados a utilizar taxímetro, a realizar curso específico, a obter alvará e nem recolher impostos, obrigações que são impostas aos taxistas legalizados no município.

Os taxistas alegam ainda, que além da obrigatoriedade em cumprir toda determinação imposta pela Prodem, o taxímetro impede a flexibilização na hora de cobrar a corrida, trazendo grande desvantagem em relação aos aplicativos, que “estão livres para cobrar o valor que bem entender do passageiro” explicou um taxista.

“A mais de um ano a categoria tenta dialogar com a PRODEM, mas até o momento não houve respostas para solução do problema” disse um taxista.

Na última reunião realizada entre o ex-diretor presidente da Prodem, Leandro Gallina e os taxistas, Gallina afirmou que já estava analisando uma forma de regulamentar o serviço de aplicativos de transporte, que hoje deveria ser realizado exclusivamente pelos taxistas credenciados pela prefeitura. Segundo o ex-presidente, a regulamentação ocorreria após o prazo para implantação dos taxímetros em todos os táxis credenciados, prazo este que termina no próximo dia 12 de setembro.

Caso o problema da falta de regulamentação continue, um grupo de taxistas não descartou a possibilidade de levar o caso até o ministério público local, por entender que leis municipais estão sendo desrespeitadas, inclusive com a realização de serviço sem o recolhimento dos impostos, e que tal fato seria de conhecimento da Prodem.

 

Foto: Ilustrativa/Freepik
Matéria: Eduardo Costa, Olímpia em 11 de setembro de 2019

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Publicidade

Verifique sua conexão com a internet