Presidente sanciona lei que permite suspender pagamento de parcelas do Fies

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou a Lei que permite a suspensão do pagamento de parcelas do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) durante o período de pandemia do coronavírus.

Pela lei, poderão suspender o pagamento os graduandos ou formados que estiverem em dia com as parcelas antes da vigência do estado de calamidade pública no país, decretado em 20 de março.

O número de parcelas suspensas dependerá do perfil do estudante. Veja as regras:

  • Alunos com contratos em fase de utilização ou de carência (que estão ainda na faculdade ou nos 18 meses após sua conclusão): duas parcelas;
  • Graduados, em fase de amortização (que se formaram há mais de 1 ano e meio e que estão pagando o financiamento): quatro parcelas.

Segundo a decisão do governo, os prazos podem ser prorrogados.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
fies, Suspender as parcelas do FIES

Publicidade

Acompanhe as últimas informações oficiais de Olímpia sobre o coronavírus