Rio Preto tem 54 casos confirmados, três óbitos e 11 pessoas curadas

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Rio Preto inicia a semana com 54 casos confirmados para coronavírus (COVID-19). Do dia 8 ao dia 12 de abril foram notificados 427 novos casos na Secretaria de Saúde, sendo que 634 foram descartados, 92 continuam em investigação e outras 691 pessoas apresentaram alguma síndrome gripal. Desde o início da pandemia na cidade foram notificadas 1.471 pessoas com suspeita de coronavírus.

A cidade atingiu 54 casos para o COVID-19 em um prazo de 31 dias. Segundo o secretário da Saúde, Aldenis Borin, que participou da transmissão ao vivo pela página da Prefeitura de Rio Preto no Facebook, nesta segunda-feira, dia 13, quando se atinge a marca de 50 casos a duplicação dos casos passa a acontecer de forma mais rápida.

“Nós sempre colocamos que ao atingir a marca de 50 casos modificaria muito a nossa duplicação de casos. É considerado mundialmente que o número de 50 casos é o valor fundamental para que ocorra mais transmissões pelas pessoas. A curva aumenta. Ainda estamos na fase de ascensão da curva”, explica Aldenis.

A boa notícia é que 11 pessoas se curaram do coronavírus completando todo o período de quarentena e já foram liberados. Dos 54 pacientes com a doença 43 tem idade inferior a 59 anos (22 mulheres e 21 homens) e 11 tem idade superior aos 60 anos (5 mulheres e 6 homens).

“Pacientes mais idosos requerem um tratamento mais delicado, mais tempo de internação e muitos deles ficam em UTI por longa data”, lembrou o secretário da Saúde.

Sobre os registros de pessoas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), em Rio Preto, 202 pessoas foram internadas em unidades de saúde, sendo que 23 foram confirmadas para COVID-19 (3 continuam em enfermarias e 3 em UTI). Dos casos de SRAG confirmados com coronavírus 7 não apresentam nenhuma comorbidade, 4 tem diabetes e doenças cardíacas, 3 somente doença cardíaca, 3 são imunossupressores, 2 tem apenas diabetes, outros 4, três ou mais comorbidades.

O secretário de Saúde de Rio Preto voltou a lembrar que a cidade entrou em uma fase onde vai ocorrer um aumento no número de transmissões. Ele reiterou a importância do isolamento social para níveis superiores a 60%.

“No dia 8 de abril chegamos a 40% das pessoas que realmente estavam dentro de casa. O ideal é que consiga entre 60 e 70% de pessoas em isolamento domiciliar. E não estamos atingindo isso. Nos dá uma preocupação grande. Aglomerações, locais com bastante gente leva a um maior número de transmissão. Fique em casa, não ande”, cobrou Aldenis.

O 0800 da Saúde, número criado para as pessoas tirarem dúvidas em relação ao coronavírus tem superado as expectativas. Até o momento foram realizadas 4.049 ligações, sendo que 71% pelo SUS e 87% de pessoas de Rio Preto. O número de resolutividade, ou seja, de eficiência nos encaminhamentos para as pessoas chega a 80%.

Reprodução: Prefeitura de Rio Preto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
coronavírus, covid 19, Rio Preto, Rio Preto casos coronavírus

Publicidade

Acompanhe as últimas informações oficiais de Olímpia sobre o coronavírus