Santa Casa se prepara para enfrentar Covid-19 com a instalação de novos leitos de UTI e mais 20 leitos hospitalares

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Com intuito de equipar a Santa Casa de Olímpia e aumentar a estrutura de leitos para possíveis casos de Covid-19, o único hospital da cidade instalou 2 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e também disponibilizará mais 20 novos leitos nas enfermarias, o que representa um aumento de 25% da capacidade disponível no local. Atualmente o hospital conta com 81 leitos e com essas mudanças ultrapassará 100.

As ações vêm sendo adotadas em virtude da situação de pandemia no mundo todo e buscam oferecer aos moradores do município mais serviços de saúde. Os dois novos leitos de UTI foram implantados em apartamentos do segundo andar do hospital. No local está disponível todo o serviço necessário para atendimentos de urgência e acolhimento dos pacientes.

Além disso, a Santa Casa reativou a antiga ala de enfermaria masculina. No local, que acolherá futuramente uma unidade de hemodiálise, foram disponibilizados 10 novos leitos. Neste momento, eles serão destinados para atender pacientes com outras enfermidades, liberando assim leitos do segundo e terceiro andar para atendimento Covid-19, de acordo com as necessidades.

Além destas ações, a Santa Casa está acelerando as obras da Porta Referenciada (pronto-atendimento) para disponibilizar a população mais 10 novos leitos para serem utilizados de acordo com as necessidades do momento. Para o provedor do hospital, Luiz Alberto Zaccarelli, as medidas são necessárias para evitar uma situação caótica caso necessite de internações. “Como todos sabem, a Santa Casa atende toda a comarca, uma estimativa de cerca de 100 mil pessoas porque este é o único hospital da região. Estamos nos esforçando ao máximo para oferecer o melhor atendimento para a população. Com estas medidas temos novos leitos e até uma UTI reserva equipada.”, explica o provedor.

O hospital segue em constante adequação para oferecer melhores condições aos pacientes. Em virtude disso, a prefeitura de Olímpia ampliou o repasse municipal em R$ 83.236,40. Com isso, a subvenção mensal da Prefeitura para a instituição é de mais de R$ 345 mil.

“Desde quando assumimos a prefeitura, a saúde foi a nossa prioridade. A Santa Casa estava falida, deteriorada e poderia até fechar. Nós puxamos a Santa Casa para o guarda-chuva de proteção da saúde do município, saneamos financeiramente, equilibramos e promovemos todas as melhorias e reformas. Trocamos o gerador de energia pequeno por grande, que sustenta a Santa Casa inteira pelo tempo que quiser, fizemos uma cozinha nova para tirar do lado da enfermaria e reformamos o Centro Cirúrgico com novos equipamentos. Também reabrimos a UTI com médico 24 horas, antes ela estava fechada e contribuímos com as reformas dos três andares de apartamentos. E o trabalho continua dia após dia”, destacou o prefeito Fernando Cunha.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
covid19, Santa Casa, uti

Publicidade

Acompanhe as últimas informações oficiais de Olímpia sobre o coronavírus