Uso de máscara pela população de Olímpia passa ser obrigatório a partir de amanhã(7)

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Seguindo mais uma determinação do Governo do Estado de São Paulo, a Prefeitura da Estância Turística de Olímpia publicou nesta quarta-feira, 6 de maio, no Diário Oficial Eletrônico, o Decreto Nº 7.776, em que torna obrigatório o uso de máscara facial para toda a população.

De acordo com o documento, a medida começa a valer a partir desta quinta-feira, 7 de maio. A máscara facial poderá ser caseira, preferencialmente, em tecido, com pelo menos duas camadas, para garantir a proteção e diminuir o risco de contaminação pela Covid-19.

A máscara será obrigatória em todos os espaços de acesso aberto ao público, incluindo os bens de uso comum da população, como praças, ruas, avenidas, pistas de caminhadas; no interior de estabelecimentos que estejam em funcionamento e em repartições públicas municipais. O uso será para consumidores, fornecedores, clientes, empregados, colaboradores, agentes públicos, prestadores de serviço, particulares e população em geral.

O descumprimento previsto neste decreto implicará na imposição de penalidades. Aos estabelecimentos comerciais será aplicada advertência com multa no valor de 10 UFESP (R$ 276,10), por pessoa, seja funcionário, cliente ou qualquer indivíduo, que estiver no interior do local sem o acessório, e em caso de reincidência, cabe cassação do alvará pelo período de duração da pandemia. O munícipe que também não cumprir o decreto pode ser multado em R$ 30,00 e, em caso de reincidência, o valor será dobrado.

O uso de máscara facial já era obrigatório para todos os funcionários e servidores dos estabelecimentos comerciais como repartições públicas, supermercados, farmácias, lojas diversas, consultórios, clínicas médicas, clínicas veterinárias, laboratórios de análises clínicas e centro de diagnósticos, velórios e cemitérios municipais, templos religiosos, academias, estúdios de ginástica e musculação, estúdios de pilates, escolas de música, escolas de idiomas, escolas de cursos profissionalizantes, escritórios, financeiras e demais atividades com profissionais liberais, salões de cabeleireiros, barbearias e agência de turismo, e estabelecimentos com sistemas de “drive-thru”, delivery, ou retirada no local e atendimento na forma portas-fechadas.

LOTÉRICAS, BANCOS E CORREIOS

Nas instituições bancárias, lotéricas e agência dos Correios, que têm sido os locais de maior circulação de pessoas, a determinação para sobre o uso é ainda maior para proteção de funcionários e clientes. Nesses locais, o município também tem reforçado o serviço de desinfecção com produtos químicos adequados para minimizar o risco de contaminação.

Vale ressaltar que todas as atividades devem manter as demais medidas de prevenção com a disponibilização de álcool em gel e intensificação da higienização de produtos e limpeza do local. A fiscalização continuará ativa para garantir a obediência de todas as normas vigentes, com o apoio das Polícias Civil e Militar, Guarda Municipal e servidores da Prefeitura. Situações de possíveis irregularidades devem ser comunicadas ao setor responsável pelo Whatsapp (17) 99606-8573, para averiguação e providências legais.

CUIDADOS NO TRANSPORTE

O uso de máscaras também já vinha sendo obrigatório para os usuários do transporte coletivo dos distritos de Ribeiro dos Santos e Baguaçu, no interior dos ônibus. O mesmo cuidado deve ser tomado pelos passageiros de veículos de motoristas por aplicativo e táxi, incluídos na regulamentação das atividades liberais.

Já nos veículos particulares, o uso não é obrigatório para os motoristas. A questão tem sido alvo de fake news disseminada por redes sociais e, segundo a Polícia Militar, não procede a informação de que os motoristas serão multados dentro de seus próprios carros.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
máscaras, Olímpia, uso obrigatório, uso obrigatório de máscaras em Olímpia

Publicidade

Acompanhe as últimas informações oficiais de Olímpia sobre o coronavírus